• Mail pessoal:

    MSN: tcasaleiro@hotmail.com GERAL: tcasaleiro@gmail.com
  • Janela através das letras… (livro na cabeceira)

    Livros académicos de pouco interesse...
  • Janela dos Livros L’Idos

    Era bom que trocássemos umas ideias sobre o assunto - Mário de Carvalho

    O nome da Rosa - Umberto Eco

    Os filhos da meia noite - Salman Rushdie

    Manhã Submersa - Virgílio Ferreira

    Clara Pinto Correia - Os Mensageiros Secundários

    Jean François-Steiner - Treblinka

    José Saramago - O ano da morte de Ricardo Reis

    Muhammad Yunus - Criar um mundo sem pobreza

    Arundhati Roy - O Deus das pequenas coisas

    George Orwell - 1984

    Primo Levi - Se Isto É um Homem

    Miguel TORGA - Novos Contos da Montanha

  • Quantos já espreitaram através da janela

    • 13,989 espreitadelas
  • Janeiro 2010
    M T W T F S S
    « Dez   Fev »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    25262728293031

Escrita criativa ou a Espera

Sentado, o Andrade esperava. Na sua mente ecoava “The best of times” e tentava lembrar-se com nitidez de quais tinham sido os seus melhores tempos. Era difícil recuar porque no meio de algumas coisas alegres encontrava algo que não entrava nesta música.

Esta era a música que alguém lhe havia dedicado em tempos e esse era uma das coisas que recordava com um carinho raro, escondido, indizível.

Esperava, naquele canto mais escondido de si, que esse momento se repetisse. A espera olhava para o passado e para o futuro. Ingrata, a espera, que tanto faz pensar. É como o violino da música que transporta a mente para outros tempos, outras vidas, outras esperas.

Na espera, Andrade encontrou o que procurava e era algo que estava tão perto. Da espera vem a esperança e no fim, toda a nossa vida.

Sentado, o Andrade esperava e ouviu a guitarra. De repente, levantou-se e sorrindo, continuou o seu caminho.

2 Respostas

  1. Sobre os dream theater não há muito a dizer. Eu não gosto, mas que aquilo tem qualidade tem.
    Sobre o texto, gostei. Saíste de ti para escrever o que também fica bonito.

    Hug😀

  2. Eu começo a creditar de facto que os ares do monte a juntar ao pó que circula pela casa e que se vai entranhando no teu micro cérebro te está a afectar e de que maneira.. Enfim, há quem confunda criatividade com paranóia, mas pronto… 2 palavrinhas pra ti..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: