• Mail pessoal:

    MSN: tcasaleiro@hotmail.com GERAL: tcasaleiro@gmail.com
  • Janela através das letras… (livro na cabeceira)

    Livros académicos de pouco interesse...
  • Janela dos Livros L’Idos

    Era bom que trocássemos umas ideias sobre o assunto - Mário de Carvalho

    O nome da Rosa - Umberto Eco

    Os filhos da meia noite - Salman Rushdie

    Manhã Submersa - Virgílio Ferreira

    Clara Pinto Correia - Os Mensageiros Secundários

    Jean François-Steiner - Treblinka

    José Saramago - O ano da morte de Ricardo Reis

    Muhammad Yunus - Criar um mundo sem pobreza

    Arundhati Roy - O Deus das pequenas coisas

    George Orwell - 1984

    Primo Levi - Se Isto É um Homem

    Miguel TORGA - Novos Contos da Montanha

  • Quantos já espreitaram através da janela

    • 13,989 espreitadelas
  • Outubro 2009
    M T W T F S S
    « Set   Nov »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031  

SILÊNCIO… Silêncio… silêncio…

Shhhhhh….

De longe a longe ouvimos alguém que nos manda calar. No cinema, no teatro, na missa, no centro de saúde a abarrotar, no hospital. Mas é mesmo de longe a longe.

Saberemos ainda o que é o silêncio?

Proponho-vos a escuta de uma música que não conhecia: Silêncio dos Madredeus, com uma linda vista de fundo.

.

Que sentimentos vos suscitou esta música? Conseguiram ouvir a letra toda? Aperceberam-se do silêncio? Viram o silêncio?

.

O lugar onde moro agora convida ou empurra-me (nos???) para o silêncio. De certa forma este espaço diz-me com todas as letras “Cala-te!”

E eu simplesmente fui aprendendo a estar … calado! Quem me conhece verdadeiramente sabe que eu tenho os meus momentos de silêncio, os Meus momentos. Agora aproveito melhor esses momentos e gosto!

Estar em silêncio é optar por desligar daquilo que faz barulho, e são tantas coisas, a net, o MSN, o Facebook, etc etc etc. Às vezes não tenho energia para me desligar de todo este barulho.

Quando o faço é que percebo o quão importante é para mim. Calando-me, faço-me falar. Falar do que importa, do que vai cá dentro. Calando-me, abro espaço para o Outro; calando-me, abro espaço para Deus.

No próximo sábado vou falar a alguns jovens sobre o silêncio. Será que nós, jovens, estamos dispostos a optar pelo silêncio em detrimento do barulho durante alguns minutos do nosso dia?

Se sim, acredito que haverá mais paciência e compreensão porque, no fundo, falará o mais íntimo de nós, o mais íntimo do nosso coração.

SILÊNCIO, Silêncio, silêncio…

Uma resposta

  1. Sobre as tuas aulas de Grego Bíblico acho que não há nada a dizer. Já sabes a minha opinião😀

    Abrx

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: